LEITORES DO GUGUSONGS

SEJA MUITO BEM VINDO, CONHEÇA A HISTÓRIA DOS SEUS ÍDOLOS, E FAÇA UMA VIAGEM NO TEMPO!.

ME SIGA NO FACEBOOK!

TUDO EM MÍDIAS PARA SEU NEGÓCIO!

TUDO EM MÍDIAS PARA SEU NEGÓCIO!
APROVEITE E FAÇA JÁ SEU ORÇAMENTO!

ÚLTIMAS POSTAGENS!

domingo, 16 de fevereiro de 2020

THE BLACK EYED PEAS - SAIBA A HISTÓRIA DESTE GRUPO DE HIP HOP, R&B, E MÚSICA ELETRÔNICA AMERICANO

THE BLACK EYED PEAS - PINTEREST

Black Eyed Peas (também conhecido como The Black Eyed Peas) é um grupo de hip hop, R&B e de música eletrônica, formado em Los Angeles, Califórnia, em 1992. 


O grupo é atualmente composto por will.i.am, Apl.de.ap e Taboo, com Fergie tendo saído em 2017. Desde seu terceiro álbum Elephunk em 2003, o grupo já vendeu mais de 35 milhões de álbuns e 41 milhões de singles.

Seu primeiro hit número um no mundo foi "Where Is the Love?" em 2003. Outro single que chegou ao número um nas paradas europeias, foi "Shut Up". O álbum seguinte do grupo, Monkey Business foi outro sucesso, certificado "4x Platina" nos Estados Unidos com singles como "My Humps", "Don't Phunk With My Heart" e "Pump it".

Em 2009, o grupo se tornou um dos 11 artistas a colocar singles em primeiro e segundo lugar, simultaneamente, na Billboard Hot 100, com seus singles "Boom Boom Pow" e "I Gotta Feeling", o próximo single "Meet Me Halfway" alcançou um sucesso similar, a partir do álbum The E.N.D, estes três singles também lideraram as paradas por 30 semanas consecutivas em 2009.

O álbum mais tarde conseguiu mais uma vez a primeira posição da Hot 100 com "Imma Be", tornando o grupo um dos poucos à colocar três singles número um no chart do mesmo álbum antes de ser seguido com "Rock That Body", que conseguiu pico no Top 10 da Hot 100. 


"I Gotta Feeling" tornou-se o primeiro single a vender mais de 1 milhão de downloads no Reino Unido e a primeira música da história a chegar a marca de 6 milhões de downloads nos EUA.

Em novembro de 2010, eles lançaram seu álbum The Beginning. O primeiro single do álbum foi "The Time (Dirty Bit)". A canção liderou as paradas em diversos países. Em fevereiro de 2011, o grupo se apresentou no Super Bowl XLV.

O segundo single do álbum foi "Just Can't Get Enough" e foi lançado em fevereiro de 2011. O vídeo foi filmado no Japão uma semana antes do terremoto de 2011. A canção foi dedicada a amigos japoneses.

O terceiro single, "Don't Stop the Party" foi lançado em maio de 2011. O vídeo deste single foi filmado no Brasil, com cenas da The END World Tour no país e da vinda de will.i.am no carnaval do Rio de Janeiro em 2011.

Carreira

1998-2000: Bridging the Gap

Em 1988, quando estudantes da oitava série William Adams, will.i.am, e Allan Pineda, apl.de.ap, reuniram-se e começaram a cantar e tocar juntos em Los Angeles. A dupla assinou contrato com a Ruthless Records, em 1992, chamando a atenção de Eazy-E, Rapper e Fundador da Ruthless. Juntamente com outro amigo deles, Dante Santiago, eles chamaram o grupo de Atban Klann. Will 1X, Apl.de.ap, Mookie Mook, DJ motiv8 aka e Dante Santiago formavam o Atban Klann. Seu álbum de estreia, Grass Roots, nunca foi lançado porque Eazy-E, vinha a falecer.

Depois da morte de Eazy-E em 1995, o Atban Klann reformou e mudou seu nome para "Black Eyed Pods", e só depois, para "The Black Eyed Peas". Dante Santiago foi substituído por Jaime Gomez, Taboo, e Kim Hill foi adicionada no grupo. Ao contrário de muitos grupos de hip-hop, eles optaram por tocar com uma banda ao vivo e adotou um estilo musical e de vestuário que diferiam muito de um grupo de rap.

Depois de ter assinado com a Interscope Records e lançando seu álbum de estreia, Behind the Front em 1998 o grupo, e sua banda que a acompanha ao vivo, ganhou aclamação da crítica. Um dos singles do álbum foi "Joints & Jam", que foi destaque na trilha sonora de Bulworth. 


Seu segundo álbum foi Bridging the Gap lançado em 2000, que teve o hit "Request+Line", com Macy Gray.

2001-2004: Elephunk

Black Eyed Peas em tarde de autógrafos.

Seu terceiro álbum, Elephunk, começou a ser elaborado em 2 de Novembro de 2001, mas foi lançado apenas em 2003. Esse foi o primeiro álbum do grupo com os vocais de Fergie, substituindo Kim Hill. 


Originalmente, Nicole Scherzinger foi convidada para entrar no The Black Eyed Peas. Ela foi forçada a desistir pois seu namorado Nick havia dito não na época e naquele mesmo ano Eden's Crush já haviam se separado. Dante Santiago apresentou will.i.am à Fergie, que entrou no grupo em 2003.

Do Elephunk veio "Where is the Love?", que se tornou o maior sucesso da carreira do Black Eyed Peas, chegando ao número 8 na Billboard Hot 100, chegou ao topo das paradas em vários outros países, incluindo 6 semanas como número 1 no Reino Unido, onde se tornou o single mais vendido de 2003. 


O single teve similar resultado na Austrália, ficando no número 1 por seis semanas também. Em uma entrevista para o site TalkofFame.com, Taboo revelou que o rompimento de Justin Timberlake com Britney Spears impactou na gravação de "Where Is The Love?".

O álbum lançou ainda "Shut Up", que chegou a ser número 2 no Reino Unido e em vários países e ganhou Platina e Ouro nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha e outros países da Europa.

O terceiro single do álbum foi "Hey Mama" que entrou para o Top 5 na Austrália e Top 10 no Reino Unido, Alemanha e outros páises da Europa e 23 nos Estados Unidos. Ganhou mais exposição depois de aparecer em comercial do iPod.

Em 2004, o The Black Eyed Peas começou a The Elephunk Tour, indo para muitos países.

2005-2006: Monkey Business

The Black Eyed Peas cantando em 24 Agosto de 2006.

Seu álbum seguinte foi lançado em 7 de Junho de 2005. Mas a pré-produção e composição das músicas foram feitas no John Lennon Educational Tour Bus enquanto o Black Eyed Peas estava em turnê em 2004. O primeiro single do álbum, "Don't Phunk with My Heart", foi um hit nos E.U.A, chegando a número 3 na U.S. Hot 100. 


Foram indicados para o Grammy como "Best Rap Performance by a Duo or Group". A música ficou em 3º lugar no Reino Unido, em 5º no Canadá e ficou em 1º lugar na Austrália. "Don't Lie", o segundo single álbum, alcançou a posição 14ª na Billboard Hot 100, entretanto teve maior sucesso no Reino Unido e Austrália, chegando a 6ª posição no Top 10 em ambos os países. 

"My Humps", outra canção do álbum que ganhou grande sucesso, apesar das letras sexualmente sugestivas, chegando à 3ª posição na U.S. Hot 100 e número 1 Austrália. O álbum estreou na 2ª posição da Billboard 200, vendendo mais de 295.000 copias na primeira semana e foi certificado como tripla Platina. 

Seu próximo e último single commercial foi "Pump It", com samples de "Misirlou", de Dick Dale, que alcançou o topo de várias paradas no mundo. Mesmo sendo um álbum de hip-hop, Monkey Business conta com alguns solos de violão tocados por Jack Johnson em "Gone Going".

Em Setembro de 2005, The Black Eyed Peas lançou o iTunes Originals playlist com seus maiores hits, algumas músicas foram re-gravadas especialmente para o iTunes. A playlist inclui músicas como "Don't Lie", "Shut Up", e uma nova versão de "Where Is the Love?" Contém ainda pequenas histórias, informações e comentários sobre as músicas do grupo e como se conheceram.

Em 27 de Novembro de 2005, The Black Eyed Peas cantou no intervalo da Liga de Futebol Canadense em Vancouver, Columbia Britânica.

Em 2005, The Black Eyed Peas saiu em turnê com Gwen Stefani, fazendo seus shows de abertura. Em Dezembro de 2005, eles entraram em uma turnê europeia.

A parte europeia da turnê começou em Tel Aviv, Israel, passando por Irlanda, Reino Unido, Itália e Alemanha.

Depois de passar pela Europa e Ásia, foram para os EUA e América do Sul e realizaram uma série na Internet chamada "Instant Def", interpretando um grupo de super-heróis hip-hop.

Em 31 de Dezembro de 2006, Black Eyed Peas fizeram seu último show da The Monkey Business Tour, em Ipanema no Rio de Janeiro, para mais de 1 milhão de pessoas, se tornado seu maior público. Black Eyed Peas cantou no Live Earth em 7 de Julho de 2007 no Wembley Stadium, Londres. will.i.am cantou sua música, "Help Us Out" que agora se chama "S.O.S. (Mother Nature)", do álbum, Songs About Girls.

Cantaram também no Summer Sonic Festival em Tokyo, Japão em 11 de Agosto 11, e Osaka, Japão em 12 de Agosto de 2007. A apresentação contou com Fergie cantando seus sucessos do The Dutchess. will.i.am cantou músicas de se álbum solo também. 

Em 10 de December de 2005, os Peas fizeram um cover de John Lennon, a clássica "Power to the People", A canção foi mais tarde lançada no álbum de tributo à John Lennon em 2007 Instant Karma: The Amnesty International Campaign to Save Darfur. No mesmo dia o Black Eyed Peas fez uma versão ao vivo da música com participação de John Legend e Mary J. Blige.

Em 21 de Março de 2006, The Black Eyed Peas lançou um álbum de remixes chamado Renegotiations: The Remixes para o iTunes. Contava com versões remixadas de "Ba Bump", "My Style", "Feel It", "Disco Club", "They Don't Want Music", "Audio Delite at Low Fidelity", e o videoclipe da canção "Like That". Na semana seguinte, foi lançada um cd sem o videoclipe de Like That.

Depois de produzir os álbuns dos Peas, will.i.am começou sua carreira solo produzindo e colaborando com Michael Jackson, U2, Sérgio Mendes, Carlos Santana, Too Short, Kelis, Cheryl Cole, John Legend, RBD, Nelly Furtado, Justin Timberlake, Nas e Bone Thugs and Harmony.

Em Março de 2006, The Black Eyed Peas começou a Honda Civic Tour com Flipsyde e The Pussycat Dolls como shows de abertura. Eles novamente usaram o John Lennon Educational Tour Bus na turnê para produzir novas músicas para o álbum solo de Fergie.

Em 2007, The Black Eyed Peas começou a Black Blue & You Tour visitando mais de 20 países, incluindo Macau, Suécia, Polónia, Roménia, Hungria, África do Sul, Coreia do Sul, Malásia, Índia, Indonésia, Israel, Singapura, China, Rússia, Cazaquistão, Austrália, Nigéria, México, Tailândia, Venezuela, Guatemala, Nicarágua, Costa Rica, Argentina, Filipinas, El Salvador e Brasil. Essa turnê foi patrocinada pela Pepsi.

2007: Carreiras solo

Fergie entrou em carreira solo com o seu album The Dutchess. O álbum vendeu 7,5 milhões de cópias no mundo e todos os singles lançados estiveram entre as cinco primeiras posições da Billboard Hot 100. London Bridge, Glamorous e Big Girls Don't Cry chegaram, respectivamente, ao primeiro lugar. Enquanto Fergalicious chegou até a segunda colocação e Clumsy alcançou a quinta.

Mas os bons resultados não ficaram restritos às paradas musicais americanas, os “hits” do primeiro álbum de Fergie alcançaram o topo de várias paradas musicais pelo mundo. A cantora lançou seu álbum o tão aguardado Double Dutchess lançado no dia 22 de setembro de 2017 com participações de Nicki Minaj,Rick Ross e o seu filho Axl Jack Duhamel.

Will.i.am lançou um álbum em 2007, foi intitulado Songs About Girls e teve três singles: I Got It From My Mama, Heartbreaker, e One More Chance. 


O álbum não obteve bons resultados tanto nas vendas quanto nas paradas musicais. Em carreia solo o rapper já produziu para vários artistas, incluindo Michael Jackson, Rihanna, Usher, Cheryl Cole, U2, Nicki Minaj, Britney Spears, e outros.

Apl.de.Ap está produzindo um álbum solo com a ajuda dos outros membros do Black Eyed Peas. Até agora já lançou três singles: Take Me To The Philipines, Mama Filipina e U Can Dream; este último contém o nome do próprio álbum.

Taboo também está planejando um álbum solo homônimo, mas até agora só há um single: You Girl.

2008-2010: The E.N.D. e The E.N.D. World Tour

Black Eyed Peas na turnê The E.N.D. na Arena O2.

O quinto álbum do grupo, The E.N.D. ("The Energy Never Dies"), foi lançado em 9 de Junho e de 2009. "Boom Boom Pow" foi lançado nas radios Americanas em 10 de Março de 2009 e foi lançada em 30 de Março de 2009 no iTunes. 

Se tornou a primeira música desse álbum a chegar ao topo, onde ficou por 12 semanas, no topo da Billboard Hot 100, chegando ao número 1 de quase todas as paradas do planeta. O álbum tem uma batida mais voltada para o electro-hop. O álbum chegou à 1ª posição na Billboard 200 em 27 de Junho de 2009, vendendo 304 mil cópias.

O primeiro promo single, "Imma Be", foi lançado para download no iTunes em 19 de Maio nos EUA, entrando na posição 50ª da Billboard Hot 100 em 6 de Junho de 2009.

Taboo disse à revista iProng que The E.N.D. pode ser o último CD do "BEP" a ser lançado na forma física, em favor ao lançamento digital de álbuns no futuro.

O segundo promo single "Alive" foi lançado para download em 26 de Maio via Sendle.com.

Após o lançamento de The E.N.D., The Black Eyed Peas lançou "I Gotta Feeling, produzida por David Guetta e will.i.am, como o segundo single do álbum. "I Gotta Feeling" chegou ao topo da U.S. iTunes chart substituindo "Boom Boom Pow" que caiu para a 2ª posição. Chegou a 3ª e depois à 2ª posição na Inglaterra. Estreou como número 2 na Hot 100 atrás de "Boom Boom Pow" e depois a ultrapassou chegando à 1ª posição.

The Black Eyed Peas entrou para o grupo de artistas que teve mais músicas na 1ª e 2ª posição da Hot 100 simultaneamente. O grupo esteve no topo dos chartes por 26 semanas, mais semanas consecutivas do que qualquer outro grupo.

Após o lançamento, will.i.am comentou que o álbum foi inspirado por uma viagem à Austrália, especificamente pela música do The Presets My People. "A energia no pequeno palco do The Presets era louca. Aquela música, My People, aquilo era selvagem." will.i.am disse.

Em 8 de Setembro de 2009, o grupo cantou ao vivo no "Oprah Winfrey's 24th Season Kickoff Party", na Michigan Avenue em Chicago. Se estima que 21 mil dançarinos fizeram o flash mob para "I Gotta Feeling". Em setembro de 2009, o grupo embarcou na The END World Tour, com datas anunciadas no Japão, Austrália e Nova Zelândia.

A turnê continuará em 2010, passando por vários países de todos os continentes. Em 30 de Julho foi anunciado mais um record de IGF, dessa fez foi o recorde de primeira música a passar da marca de 6 milhões de downloads digitais apenas nos estados unidos, vale lembrar que antes a música já havia batido o record de mais baixada nos EUA com mais de 5 milhões de downloads digitais.

Lançada para download em 2 de Junho, "Meet Me Halfway" foi anunciado como o terceiro single do álbum. O vídeo estreou no iTunes em 13 de Outubro. O single alcançou o número 1 no Reino Unido e Austrália, tornando-se o terceiro, no Top 10 do The END em ambos os países. Chegou também à 7ª posição da Billboard Hot 100, tornando-se o terceiro Top 10 do álbum.

O grupo cantou no American Music Awards de 2009 as músicas Meet Me Halfway e Boom Boom Pow. Nesse mesmo dia, o grupo ganhou 2 das 3 categorias em que concorria: Favorite Rock/Pop Group e Favorite R&B/Soul Group. 


Perderam a última categoria Best R&B/Soul Album (The E.N.D), para Michael Jackson.
Fergie e apl de performance em Lisboa.

William anunciou que seria Missing You o quarto single do grupo, mas alguns dias depois foi confirmado que Imma Be seria o quarto single. Durante o lançamento promocional, a canção chegou a posição 50 na Hot 100. Foi oficialente lançada em 15 de Dezembro de 2009 e rapidamente chegou ao topo da Hot 100. Rock That Body foi escolhido como quarto single para Inglaterra, Canada e Austrália e será o quinto single para os EUA.

The Black Eyed Peas começou 2010 cantando Rock That Body, Imma Be, Boom Boom Pow e outras músicas do The E.N.D no New Year's Eve o que alavancou os downloads das músicas. Cantaram também no Grammy 2010 um mash-up de Imma Be/I Gotta Feeling. Na mesma noite, eles ganharam 3 das 6 categorias em que concorriam Best Pop Vocal Album for The E.N.D, Best Pop Vocal Performance by a Group for I Gotta Feeling e Best Short Form Video for Boom Boom Pow. Em Fevereiro de 2010 Imma Be tornou-se o quarto single Top 10 e o 3º primeiro lugar da era THE E.N.D na Billboard Hot 100.

Em 15 de Setembro de 2009, o grupo iniciou a The E.N.D. World Tour uma turnê completamente diferente de todas as já feitas por eles, com muitos elementos visuais e especiais, vários telões espalhados pelos palcos, figurinos futuristas e 50 toneladas de aparelhagem. 


O palco demorava alguns dias para ser montado, e era desmontado imediatamente após o término do show. Houve apresentações na Ásia, Oceania, Europa, América do Norte, e América do Sul, sendo que novamente o grupo voltou ao Brasil e se apresentou em 9 cidades. Na América do Sul o palco foi remodelado, sendo que o novo palco proporcionou aos fãs muito mais proximidade.

Além disso, na América do Sul os shows foram gravados em 3D, e vão dar origem ao Blu-ray da turnê, como anunciado por Fergie em algumas performances; porém, o único show transmitido em 3D pelo grupo, foi realizado na Times Square, em Nova York, para a campanha de promoção da inovadora tecnologia de televisão a 3D da marca Samsung. O concerto do grupo The Black Eyed Peas, junta-se assim à gama de conteúdos 3D que a Samsung disponibilizou.

2010-2011: The Beginning, The Beginning World Tour e Segunda pausa

Black Eyed Peas durante uma performance no Walmart

Em 06 de Junho de 2010, a banda confirmou que eles estavam trabalhando em um novo álbum em uma entrevista para The Big Issue. O álbum foi descrito como uma "seqüela" de The E.N.D. will.i.am anunciou que o novo álbum "simboliza o crescimento, novos começos e começa uma nova perspectiva", e que seria intitulado The Beginning. O álbum foi lançado em 30 de Novembro de 2010 e recebeu críticas mistas.

O primeiro single do álbum se chama "The Time (Dirty Bit)", e foi lançado em 20 de Outubro de 2010 através do Twitter de will.i.am. O videoclipe foi dirigido por Rich Lee, que já havia dirigido o clipe de "Imma Be, Rocking That Body"

O grupo também afirmou na entrevista o grande problema que eles estão tendo em um filme em 3D dirigido por James Cameron . O filme seria um documentário com ficção inserida nele. O grupo também se apresentou no show do intervalo do Super Bowl XLV, no Cowboys Stadium, em 06 de Fevereiro de 2011, um dos eventos mais vistos em todo o mundo.

Em 5 de dezembro, eles apareceram na sétima temporada do ‘‘The X Factor’’ no Reino Unido, cantando "The Time (Dirty Bit)".

A música "Just Can't Get Enough", foi confirmada como o segundo single no blackeyedpeas.com em 11 de janeiro de 2011, desmentindo os rumores de que "Whenever" e "The Best One Yet (The Boy)" seriam os próximos singles. 


O vídeo da música foi lançado no dia 16 de março de 2011 e foi filmado em Tóquio, uma semana antes do terremoto e do tsunami que atingiram a cidade. O vídeo foi dirigido por Ben Mor e o clipe, dedicado às famílias que sofreram na catástrofe, também traz uma mensagem de apoio no início.

Em 17 de março, The Black Eyed Peas apareceu no "American Idol" cantando "Just Can't Get Enough". will.i.am disse no início da canção que a música foi dedicada a "nossos amigos no Japão".

Em 2 de abril, o grupo apareceu no 24º Kids Choice Awards da Nickelodeon tocando "The Time (Dirty Bit)" e "Just Can't Get Enough". A aparição recebeu críticas muito boas e na mesma noite o grupo ganhou o prêmio de Grupo Musical Favorito.

O terceiro single foi "Don't Stop the Party" e foi lançado em 10 de maio de 2011. No mesmo dia, um videoclipe para a canção foi lançada no iTunes, juntamente com o single. O vídeo, que é dirigido por Ben Mor, apresenta imagens ao vivo de palco e os bastidores do grupo durante a The END World Tour no Brasil. O vídeo estreou na Vevo em 12 de maio de 2011.

Em 22 de maio, o grupo apareceu no Billboard Music Awards 2011 e ganhou uma das quatro nomeações, por Melhor Grupo ou Dupla. Eles também tocaram "Just Can't Get Enough", "The Time (Dirty Bit)", "Boom Boom Pow" e "I Gotta Feeling". O desempenho recebeu boas críticas.

Em 25 de junho, a Ubisoft anunciou que iria desenvolver um jogo de video-game de dança do Black Eyed Peas para Kinect e Wii, que seria, futuramente, intitulado como "The Black Eyed Peas Experience".

Durante um concerto no Alton Towers em Staffordshire no dia 6 de julho de 2011, o Black Eyed Peas anunciou que iriam dar uma pausa após o fim da turnê, assim como foi em 2005 até 2009. will.i.am confirmou depois em seu Twitter, completando que eles não iriam parar de criar.

2013-presente: Próximo sétimo álbum de estúdio

Durante uma entrevista com a NRJ, will.i.am falou sobre seu álbum a solo #willpower e também confirmou que o The Black Eyed Peas iniciaria sessões de gravação para o seu sétimo álbum de estúdio em 2013. 


Em 13 de abril de 2015, The Black Eyed Peas lança nova música com David Guetta, demonstrando um possível retorno aos palcos. Essa música não contou, porém, com participação de Fergie, devido ao fato de a cantora ter estado, na altura, trabalhando em no seu segundo álbum solo, ainda por lançar..

Em junho de 2017, os rumores de que Fergie (que pouco tempo antes havia fundado a sua própria gravadora) estava saindo do grupo foram confirmados pelo próprio Will.i.am, ele justificou essa decisão com o fato de Fergie querer "se concentrar na sua carreira a solo". Horas depois, Will.i.am foi ao Twitter e desmentiu que Fergie havia deixado o grupo, ele também desmentiu que alguém viesse a ocupar o lugar deixado vago por ela, acabando com o boato de que Nicole Scherzinger (amiga de longa data de Will.i.am e vocalista do grupo Pussycat Dolls que já colaborou com o líder dos The Black Eyed Peas, tanto enquanto membra do grupo The Pussycat Dolls como na sua carreira a solo), iria substituir Fergie, e Will.i.am afirmou que Nicole Scherzinger só iria participar no próximo projeto do The Black Eyed Peas e que ninguém iria substituir Fergie.

Relação com o Brasil

Todos os membros da banda já afirmaram se identificar com o Brasil tanto pela arte quanto pelas pessoas e pela cultura.

Em junho de 2006, a banda gravou com o músico brasileiro Sérgio Mendes um remix de Mas Que Nada, para o álbum solo de Sérgio, intitulado Timeless.

No Réveillon de 2006/2007, a banda se apresentou para mais de 1 milhão de pessoas no Posto 8 da Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro. Foi o último show da Monkey Business Tour e contou com a participação especial de Sérgio Mendes. Foi o maior público para o qual a banda tenha se apresentado e segundo os cantores, um dos mais marcantes de suas vidas.

Durante a participação da banda no show de abertura da Copa do Mundo FIFA de 2010, realizada na África do Sul, o vocalista will.i.am citou o Brasil por diversas vezes durante as músicas, e ao receber uma bandeira do Brasil vinda da plateia, a flamulou.

will.i.am citou a cidade do Rio de Janeiro como o melhor lugar do mundo.

will.i.am gravou o vídeo de I Got It From My Mama em uma praia do Brasil, e também gravou o clipe de Great Times em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Em 2011, will.i.am co-protaginizou o filme Rio, emprestando sua voz ao personagem Pedro.

Enquanto a The E.N.D World Tour passava por terras brasileiras, a banda gravava parte dos shows e acontecimentos de cada cidade, filmagens que posteriormente foram usadas na confecção do clipe de "Don't Stop The Party".

Para a trilha sonora do filme Rio, will.i.am gravou Hot Wings (I Wanna Party) com Jamie Foxx e Anne Hathaway.

will.i.am é proprietário de uma casa na Joatinga, área nobre da Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.
Apresentações em Portugal

A estreia do grupo californiano por terras lusas deu-se por ocasião da primeira edição do Rock in Rio Lisboa, em junho de 2004. Eles atuaram depois de Britney Spears nessa edição do festival.

Em novembro de 2005, o grupo atuou no MTV Europe Music Awards, em Lisboa, com seu novo single na altura, "My Humps". Nessa mesma edição, ao receber um dos prêmios da noite e já depois da atuação do BEP, Robbie Williams brincou com o tema do grupo, dizendo para o duo TA.T.u., que lhe entregou o galardão de Melhor Artista Masculino, "I love your lovely lady lumps" (algo como "adoro as vossas curvas femininas").

Um mês depois, o The Black Eyed Peas deu o seu segundo concerto em Portugal, tendo sido esse o primeiro concerto do grupo no país que não esteve inserido em qualquer festival. O espetáculo ocorreu no mesmo local da edição desse ano do MTV EMA, o Pavilhão Atlântico.

Em maio de 2010, e depois de a seleção portuguesa de futebol ter adotado o mega-êxito "I Gotta Feeling" com seu hino na classificação para o Campeonato Mundial de Futebol da África do Sul, o The Black Eyed Peas fez questão de vir a Portugal agradecer a escolha e homenagear a seleção, atuando no Estádio do Jamor.

Em maio de 2016, Fergie, atuou como artista a solo, na 7ª edição do Rock in Rio Lisboa. Além de temas da sua carreira a solo e covers de bandas famosas, Fergie cantou também um medley de canções do The Black Eyed Peas.


Discografia
A discografia dos The Black Eyed Peas, é composta por seis álbuns de estúdio. A Interscope Records lançou seu álbum de estreia, Behind the Front, nos Estados Unidos em 30 de Junho de 1998. Embora o álbum recebeu quatro estrelas de uma revisão do Allmusic, ele ficou com posições baixas na Billboard 200 nos Estados Unidos e na French Albums Chart, nos números 129 e 149, respectivamente. O segundo álbum da banda, Bridging the Gap, foi lançado em 2000 e atingiu um pico de sessenta e sete nos EUA e alcançou a posição mais alta na Nova Zelândia, com o número dezoito.

Em Junho de 2003, a banda lançou seu terceiro álbum, Elephunk, que incluía os singles "Where Is the Love?", o primeiro single internacional número-um da banda, "Shut Up", "Hey Mama" e "Let's Get It Started" (Música do The Sims Urbz).

O quarto álbum, intitulado Monkey Business, foi lançado em 2005 e chegou a número dois nos EUA e número um em muitos países.

O "The Black Eyed Peas" lançaram seu quinto álbum de estúdio, The E.N.D., em Junho de 2009. Tornou-se o álbum com maior posição nas paradas dos EUA, atingindo o número um. Os The Black Eyed Peas lançaram o seu sexto álbum de estúdio, The Beginning, em 26 de Novembro de 2010. O primeiro double do conjunto, "The Time (The Dirty Bit)", lançado em 9 de Novembro de 2010, chegou a número 1 no UK Singles Chart em 12 de Dezembro de 2010.

Ano Título

1998 Behind the Front
2000 Bridging the Gap
2003 Elephunk
2005 Monkey Business
2009 The E.N.D.
2010 The Beginning
2018 Masters of the Sun Vol. 1

Filmografia

2005: Be Cool
2009: X-Men Origens: Wolverine

Prêmios e indicações

2010: Kids Choice Awards
2011: Kids Choice Awards
2012: Kids Choice Awards

VÍDEOS:

The Black Eyed Peas - Pump It (Official Music Video)

The Black Eyed Peas - Where Is The Love? (Official Music Video)

The Black Eyed Peas - I Gotta Feeling (Official Music Video)

The Black Eyed Peas - The Time (Dirty Bit) (Official Music Video)

The Black Eyed Peas - Meet Me Halfway (Official Music Video)

The Black Eyed Peas - Boom Boom Pow (Official Music Video)

The Black Eyed Peas - My Humps (Official Music Video)

The Black Eyed Peas - Shut Up (Official Music Video)

The Black Eyed Peas - Let's Get It Started (Official Music Video)

Black Eyed Peas & Anitta - eXplosion

The Black Eyed Peas - Just Can't Get Enough (Official Music Video)

The Black Eyed Peas LIVE Brazil SWU 2011 Full Show HD/SD

FONTE: WIKIPÉDIA

AUTOR: GUGUSONGS

terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

BANDA IRA - SAIBA UM POUCO MAIS DESTA BANDA DE ROCK PAULISTA

BANDA IRA - YOUTUBE

Ira! é uma banda brasileira de rock and roll, formada em 1981, na cidade de São Paulo. A banda anunciou seu término em setembro de 2007, mas em 2014 retornou aos palcos.

História

Subúrbio

No final dos anos 70, no outono da ditadura militar, Edgard Scandurra, fascinado pelo punk rock e, em busca desse som, ia a shows na periferia da cidade, para trocar informações com o pessoal. Foi então que Edgard e seu amigo Dino Nascimento resolveram montar uma banda que tocasse punk, sem esquecer de Led Zeppelin e Jimi Hendrix. Nascia aí a banda Subúrbio. Hoje crítico musical, Régis Tadeu foi integrante da banda como baterista.

Nessa época, Edgard estudava no Colégio Brasílio Machado, onde volta e meia topava com Marcos Valadão Ridolfi, de apelido Nasi. Mesmo sem conhecê-lo, Edgard sentia simpatia pelo modo com que ele se vestia, e num desses encontros os dois acabaram se conhecendo, e ficando amigos.

Mais tarde, Edgard chamou Nasi para participar do Subúrbio, no festhits do Ira! Em 1980, Edgard foi convocado para servir ao exército e foi lá onde compôs "N. B." ("Núcleo Base").

Ira!

Em 1981, Nasi chamaria o amigo Edgard para tocar num show na PUC-SP e ali surgiria o Ira, ainda sem o ponto de exclamação. Completavam a formação o baterista Fábio Scattone e o baixista Adilson Fajardo.

Embora muitos acreditem que o nome "Ira" fosse inspirado no Exército Republicano Irlandês, ele nada mais do que remete ao sentimento de ira. Como houve muitos enganos sobre o nome, foi incrementado um ponto de exclamação na tentativa de acabar com outras interpretações, alterando, assim, para "Ira!".

Dois anos se passaram até que o produtor Pena Schmidt descobriu a banda, nessa época contando com Charles Gavin (que viria a se tornar membro dos Titãs) na bateria e Dino (companheiro da antiga banda Subúrbio) no contrabaixo, e os levou até a gravadora Warner, onde o Ira! gravaria seu primeiro compacto, IRA, que contava com as faixas "Gritos na Multidão" e "Pobre Paulista".

Os primeiros LPs

Em março de 1985, após trocar Dino por Ricardo Gaspa, e Charles Gavin pelo ex-titã André Jung, o Ira!, com ponto de exclamação, gravaria seu primeiro LP; Mudança de Comportamento, que conta com 11 faixas, entre elas "Núcleo Base", "Ninguém Precisa de Guerra", "Longe de Tudo" e "Ninguém Entende um Mod".

No ano seguinte, com maior prestígio dentro e fora da gravadora, a banda lançaria o LP Vivendo e Não Aprendendo. O disco, lançado em setembro, trazia faixas como "Envelheço na Cidade", "Vitrine Viva", "Pobre Paulista" e "Gritos na Multidão", sendo as duas últimas gravadas ao vivo na Broadway em São Paulo. A canção "Flores em Você" entrou na trilha sonora da novela O Outro da Rede Globo.

Quatro meses depois, a banda ressurgiria com o lançamento do álbum Psicoacústica. Dentre as oito longas faixas estavam "Rubro Zorro", "Manhãs de Domingo", "Farto de Rock 'n' Roll", e um rap de roda "Advogado do Diabo". No caminho para o quarto disco, Edgard Scandurra gravou um disco solo chamado Amigos Invisíveis, onde tocava todos os instrumentos.

Década de 90

O primeiro disco da década de 90 foi Clandestino. Depois, lançaram o disco Meninos da Rua Paulo, em 1991. O álbum continha uma versão de "Você Ainda Pode Sonhar", regravação em português de "Lucy in the Sky with Diamonds", dos The Beatles, originalmente gravada pela banda Raulzito e os Panteras, no disco de mesmo nome, em 1968.

Em 1993, Nasi lança o primeiro disco solo com o projeto paralelo Nasi & os Irmãos do Blues. No mesmo ano, o grupo lançou o sexto disco, Música Calma para Pessoas Nervosas, obra que viria encerrar um ciclo do Ira! junto à Warner. Foi autoproduzido pelo grupo.

Em 1996, já na gravadora Paradoxx, o grupo lançou o disco 7 (o primeiro CD da banda, antes eram LPs). Como faixa bônus, o disco trazia "Nasci em 62", tirada de um show com participação de Arnaldo Antunes. O álbum foi gravado logo após uma turnê de quatro shows no Japão que culminaram com uma apresentação no Club Cittá. No final do ano Edgard lançou seu segundo disco solo, Benzina.

Em maio de 1998, o Ira! lança Você Não Sabe Quem Eu Sou. Deixando a gravadora Paradoxx, o Ira! desenvolve o embrião do que viria a ser seu nono disco ao produzir um CD demo, baseado em covers, que acabaria por conduzir o grupo para a Abril Music. Em novembro de 1999 o Ira! lança Isso É Amor.

Anos 2000

Em 2000, a banda lança o MTV ao Vivo gravado no Memorial da América Latina em comemoração aos vinte anos de carreira. O Ira! se apresenta no Rock in Rio III, no ano de 2001, para 250.000 pessoas. Ricardo Gaspa lança seu projeto paralelo de surf music Huntington Bitches. Em 2001, o grupo lança o CD Entre Seus Rins, apenas com músicas inéditas.

Em 2004, lançam o Acústico MTV, que trouxe quatro faixas inéditas e também participações de três gerações diferentes na gravação: Os Paralamas do Sucesso, Samuel Rosa e Pitty.

Em 2007, retornando a inéditas, o grupo lançou o álbum intitulado Invisível DJ. Ao todo o disco contém 12 faixas, com a regravação de "Feito Gente", composta por Walter Franco na década de 70.

Brigas, término do grupo e projetos solo

Em 2007, após brigas com o irmão e empresário Airton Valadão, Nasi retirou-se da banda.

Com isso, os ex-integrantes do Ira! assumiram totalmente seus projetos, até então, paralelos. Nasi seguiu em carreira solo e lançou quatro álbuns, dois DVDs e sua biografia A Ira de Nasi, escrita pelos jornalistas Mauro Beting e Alexandre Petillo e publicada pela editora Belas Letras em meados de 2012. Frequentemente faz participações em shows de outras bandas e especiais.

Edgard Scandurra lançou seu DVD Ao Vivo, foi guitarrista das cantoras Bárbara Eugênia e Karina Buhr, fez parte da banda de apoio de Arnaldo Antunes, retomou à banda Smack - outra da qual fez parte no início dos anos 80, além dos projetos EST, junto com a cantora Silvia Tape, Les Provocateurs, Pequeno Cidadão, A Curva da Cintura, ao lado de Arnaldo e do músico do Mali Toumani Diabaté e participou de shows da banda Cidadão Instigado.

André Jung montou a banda F.A.U.T., ao lado de João Gordo; o projeto Urban ToTem; e foi produtor de alguns artistas do pop nacional surgidos no fim da década de 2000, como a banda Stevens e a cantora Manu Gavassi, além de ser patrocinado da Pearl Drums.

Gaspa retomou a banda Gaspa & Os Alquimistas, gravou seu primeiro álbum solo intitulado Gaspa The Bass Player, com as participações especiais de Marcelo Nova e Wander Wildner e realizou projetos musicais ao lado de Luiz Thunderbird.

Reconciliação de Nasi com seu irmão e ex-empresário

No dia 27 de junho de 2012, Nasi e Airton Valadão Júnior, irmão do cantor e ex-empresário da banda, anunciaram à imprensa uma reconciliação após cinco anos de brigas públicas e judiciais. Os irmãos encerraram os processos que moviam um contra o outro e a marca Ira!, que pertencia a Júnior, voltou para Nasi.

Na época, a volta da banda aos palcos não foi anunciada. No inicio do ano, em sua página no Facebook e no seu blog, o vocalista disse que não queria voltar com o grupo, mas estava disposto a retomar a amizade com Edgard Scandurra.

A volta e Rock in Rio VI

Em meados de 2013, a amizade entre Nasi e Edgard Scandurra foi retomada. A reconciliação foi celebrada em um show beneficente realizado em 30 de outubro do mesmo ano, no Espaço Traffô, localizado no bairro da Vila Olímpia, em São Paulo.

O evento contou com a participação especial de Paulo Ricardo, Arnaldo Antunes, do trompetista Guizado, além de uma banda de apoio formada pelo multi instrumentista Johnny Boy, nos teclados; Daniel Scandurra, filho de Edgard, no baixo; e Felipe Maia, da banda Marrero, na bateria. A renda do evento foi revertida para a Escola NANE, especializada em crianças com dificuldade de aprendizado. Após esse show, surgiu a possibilidade de um retorno definitivo aos palcos.

Após um recesso de sete anos, a banda anuncia seu retorno oficial em janeiro de 2014, porém, sem a presença de André Jung e Ricardo Gaspa, membros da formação clássica. Para a nova turnê, foram escolhidos: Johnny Boy nos teclados, Daniel Scandurra no baixo e Evaristo Pádua na bateria (integrante da banda que acompanhava Nasi em sua carreira solo).

Desde então, o grupo vem excursionando por todo o Brasil com o show Núcleo Base. O grupo também passou pelo Palco Sunset do Rock in Rio em 18 de setembro de 2015, primeiro dia da sexta edição do festival. A apresentação, que uniu o Rock ao Hip-Hop e a Soul Music, contou com as participações especiais de Tony Tornado, ícone da black music brasileira e do rapper Rappin' Hood. O show homenageou Tim Maia, morto em 1998, com a música "Festa de Santo Reis".

Em 2016, a banda iniciou a turnê Ira! Folk, em um formato intimista, apenas com violões e baixo acústico. O show foi lançado em DVD em novembro de 2017, em parceria com o Canal Brasil.

Integrantes

Linha do Tempo
Formação atual

Nasi - voz (1981-2008, 2014-presente)

Edgard Scandurra - guitarra e vocais (1981-2008, 2014-presente), teclados (1981-2008)

Evaristo Pádua - bateria (2014-presente)

Johnny Boy - baixo (2019-presente), teclados (2014-presente)

Ex-integrantes

Fábio Scattone - bateria (1981-1982)

Adilson Fajardo (falecido) - baixo (1981-1983)

Victor Leite (falecido) - bateria (1982-1983)

Dino Nascimento - baixo (1983-1986)

Charles Gavin - bateria (1983-1986)

André Jung - bateria (1986-2008)

Ricardo Gaspa - baixo (1986-2008)

Daniel Scandurra - baixo (2014-2019)

Discografia

Álbuns de estúdio

Ver artigo principal: Discografia de Ira!

1985 - Mudança de Comportamento

1986 - Vivendo e Não Aprendendo

1988 - Psicoacústica

1990 - Clandestino

1991 - Meninos da Rua Paulo

1993 - Música Calma para Pessoas Nervosas

1996 - 7

1998 - Você não Sabe Quem Eu Sou

1999 - Isso É Amor

2001 - Entre Seus Rins

2007 - Invisível DJ

Álbuns ao vivo

2000 - MTV ao Vivo

2004 - Acústico MTV

2011 - Ira! e Ultraje a Rigor - Ao Vivo Rock in Rio

2017 - Ira! Folk (Ao Vivo Em São Paulo)

EPs

1983 - IRA

Singles

Ano Single Disco

1983 "Pobre Paulista/Gritos na Multidão" Ira

1985 "Longe de Tudo" Mudança de Comportamento

1985 "Núcleo Base" Mudança de Comportamento

1986 "Tolices" Mudança de Comportamento

1986 "Envelheço na Cidade" Vivendo e Não Aprendendo

1986 "Dias de Luta" Vivendo e Não Aprendendo

1987 "Flores em Você" Vivendo e Não Aprendendo

1987 "Vitrine Viva" Vivendo e Não Aprendendo

1988 "Receita para se Fazer um Herói" Psicoacústica

1988 "Pegue essa Arma" Psicoacústica

1990 "Tarde Vazia" Clandestino

1990 "Boneca de Cera" Clandestino

1990 "Nasci em 62" Clandestino

1991 "Você Ainda Pode Sonhar" Meninos da Rua Paulo

1992 "Prisão das Ruas" Meninos da Rua Paulo

1992 "Um Dia como Hoje" Meninos da Rua Paulo

1993 "Arrastão" Música Calma para Pessoas Nervosas

1994 "O Homem é Esperto, mas a Morte é Mais" Música Calma para Pessoas Nervosas

1995 "Me Perco Nesse Tempo"

1996 "Eu Quero Sempre Mais"

1996 "É Assim que Me Querem"

1996 "Difícil é Viver"

1997 "Miss Lexotan 6 mg Garota" Você Não Sabe Quem Eu Sou

1998 "Eu Não Sei" Você Não Sabe Quem Eu Sou

1998 "Vou me Encontrar" Você Não Sabe Quem Eu Sou

1999 "Bebendo Vinho" Isso É Amor

2000 "Teorema" Isso É Amor

2000 "Vida Passageira" MTV ao Vivo

2000 "Superficial (Como Um Espinho)" MTV ao Vivo

2001 "Tolices" MTV ao Vivo

2001 "Entre seus Rins" Entre seus Rins

2002 "Milhas e Milhas" Entre seus Rins

2004 "O Girassol" Acústico MTV

2004 "Tarde Vazia" Acústico MTV

2005 "Eu Quero sempre Mais" Acústico MTV

2005 "Flerte Fatal" Acústico MTV

2007 "Eu Vou Tentar" Invisível DJ

2007 "Mariana Foi pro Mar" Invisível DJ

Coletâneas

Geração Pop (WEA) 1993

2 é Demais (WEA) 1996

Pop Brasil (WEA) 1997

2 é Demais - Vol.2 (WEA) 1998

O Melhor da Música do IRA! (WEA) 1998

E-Collection (WEA) 2000

Warner 25 Anos (WEA) 2001

Warner 30 anos (WEA) 2006

Nova Série (WEA) 2007

Super 3 (WEA) 2009

Os Maiores Sucessos (Cooperdisk) 2011

Videografia

2000 - MTV ao Vivo

2004 - Acústico MTV

2007 - Invisível DJ

2011 - Ira! e Ultraje a Rigor - Ao Vivo Rock in Rio

2017 - Ira! Folk (Ao Vivo Em São Paulo)

Ira! por outros artistas

"Advogado do Diabo": Chico Science & Nação Zumbi e Treme Terra

"Tolices": Pato Fu

"Logo de Cara:Kiko Zambianchi

"Mudança de Comportamento": Kid Abelha

"A Fumaça É Melhor Que O Ar": Relespública

"Dias de Luta": Gram, Vespas Mandarinas e Lobão

"Eu Não Sei (I Can't Explain)": Ultraje a Rigor

"Eu Quero Sempre Mais": Roberta Miranda e Lucas & Luan

"Envelheço na Cidade": Biquini Cavadão e Tsubasa Imamura

"Abraços e Brigas": Nenhum de Nós

"Culto de Amor": Negra Li

"Flores em Você": Rock Your Babies

"Núcleo Base": Vespas Mandarinas e Lobão

"Gritos na Multidão": Vespas Mandarinas

Ira! em trilhas sonoras

"1914" em Os Trapalhões no Rabo do Cometa

"Longe de Tudo" e "Núcleo Base" em Areias Escaldantes

"Flores em Você" em O Outro

"Balada Triste" em Confissões de Adolescente

"Eu Quero Sempre Mais" e "Núcleo Base" em Começar de Novo

VÍDEOS:

IRA! - Dias de Luta

Ira! Girassol

Ira! - MTV Ao Vivo - Memorial da America Latina 2000 Full Show

FONTE: WIKIPÉDIA

AUTOR: GUGUSONGS

sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

SINÉAD O'CONNOR - SAIBA MAIS DESTA CANTORA IRLANDESA

SINÉAD O'CONNOR - YOUTUBE

Sinéad Marie Bernadette O'Connor (Dublin, 8 de dezembro de 1966) é uma cantora irlandesa.

Biografia

Filha do engenheiro, e mais tarde advogado, Sean O'Connor e de Marie O'Connor. É a terceira de cinco irmãos: Joseph O'Connor (que é escritor), Eimear, John, e Eoin.

Teve a vida marcada por reveses que moldaram sua personalidade e lhe marcaram para sempre. Tendo sofrido abusos na infância, já tentou suicídio e afirmou ser homossexual em meio à conturbada carreira. Foi excomungada por tentar chefiar uma seita.

Destacou-se pela voz doce, e ao mesmo tempo rebelde, e cabeça raspada, sua marca registrada por muitos anos. Estreou na música em 1987, com o álbum The Lion and the Cobra, dedicado à mãe que falecera havia pouco. Conseguiu apresentar-se em diversos países da Europa e nos Estados Unidos, ganhando grande visibilidade.

Foi apenas com o segundo trabalho, I Do Not Want What I Haven't Got de 1990, que Sinéad ficou mundialmente famosa. A canção "Nothing Compares 2 U" composta originalmente por Prince, levou o álbum à primeira posição dos mais vendidos em vários países e rendeu-lhe diversos prêmios.

Também em 1990, Sinead participou do show que deu origem ao DVD Roger Waters - The Wall Live in Berlin, cantando Mother.

Dois anos depois chegou Am I Not Your Girl? onde a cantora interpretou algumas músicas de sucesso como "Don't Cry For Me, Argentina" e "Gloomy Sunday". Nessa época ela foi novamente notícia internacional, mas desta vez, por rasgar uma foto do Papa João Paulo II em protesto aos abusos sexuais cometidos por membros da Igreja Católica, em um dos programas mais assistidos dos EUA, o Saturday Night Live. Em uma das muitas entrevistas sobre o ocorrido, Sinead conta:

“ Muitas pessoas não entenderam o protesto. Eu sabia que minha ação poderia causar problemas, mas eu queria forçar uma conversa onde houve a necessidade de uma [...] Tudo o que eu lamentava era que as pessoas supunham que eu não acreditava em Deus. Esse não é o caso. Sou católica de nascimento, e seria a primeira à porta da igreja se o Vaticano oferecesse reconciliação sincera. ”

A atitude foi reprovada por diversas autoridades e Sinéad ficou com uma imagem negativa em muitas cidades, chegando até a ser vaiada em um show em tributo a Bob Dylan. Sinead ficou com medo da atitude das pessoas chegando até a doar sua casa de 800 mil dólares para a Cruz Vermelha.

Em 1994 ela lançou o álbum Universal Mother em que foi lançada a faixa "Fire On Babylon" e que acaba sendo o grande destaque por falar de abuso sexual infantil.

Engajada politicamente, grava Gospel Oak contendo seis músicas dedicadas ao povo de Ruanda, Israel e aos próprios irlandeses.

Após alguns anos de silêncio, lançou Faith and Courage, no ano de 2000, que foi produzido pelo ex- Eurythmics Dave Stewart. A cantora anunciou que se converteu a Igreja Tridente Latino, da Irlanda, e passa a dedicar grande parte de sua vida à religião.

Sean-Nós Nua traz um repertório composto de canções folclóricas irlandesas e o duplo She Who Dwells in the Secret Place of the Most High Shall Abide Under the Shadow of the Almighty é dividido entre um disco ao vivo e outro com faixas raras e alguns covers.

Sinéad O’Connor anunciou que estava deixando os palcos e o show business para cuidar mais de seu espírito e de sua família. Ela já havia anunciado sua aposentadoria outras vezes e não cumpriu a promessa. No final de 2011 ela estará lançando seu mais recente álbum, intitulado "Home".

Em outubro de 2018 anunciou que se converteu ao islamismo, e também mudou de nome. A partir de então, passou a se chamar Shuhada' Davitt.

Em novembro de 2018 afirmou: "O que estou prestes a dizer é algo tão racista que nunca pensei que a minha alma pudesse senti-lo. Mas, sinceramente, nunca mais quero estar perto de pessoas brancas (se é assim que os não muçulmanos são chamados). Em momento algum, por razão alguma. São nojentas".

Em setembro de 2019, acusou Prince de ter batido em várias mulheres e de a ter tentado agredir.

Vida privada

Sinéad foi casada quatro vezes, sendo seu primeiro marido o produtor musical e baterista John Reynolds. Sinéad teve quatro filhos, cada um filho de pais diferentes, são três meninos e apenas uma garota.

A 8 de dezembro de 2011 casou com Barry Herridge, passados 16 dias anunciou que se iria divorciar, em seguida passaram a namorar de novo e viver em casas separadas.

O filho mais velho de Sinéad, Jake Reynolds é pai desde julho de 2015.

Discografia

Álbuns de estúdio

1987 - The Lion and the Cobra

1990 - I Do Not Want What I Haven't Got

1992 - Am I Not Your Girl?

1994 - Universal Mother

2000 - Faith and Courage

2002 - Sean-Nós Nua

2005 - Throw Down Your Arms

2007 - Theology [7]

2012 - How About I Be Me (And You Be You)?

2014 - I'm Not Bossy, I'm the Boss

EP

1997 - Gospel Oak

Compilações

1997 - So Far... the Best of Sinéad O'Connor

2003 - She Who Dwells in the Secret Place of the Most High Shall Abide Under the Shadow of the Almighty

2005 - Collaborations

VÍDEOS:

Sinéad O'Connor - Nothing Compares 2U (Official Video)

Sinéad O Connor - Sacrifice

DON'T CRY FOR ME ARGENTINA SINEAD O' CONNOR

Sinéad O'Connor - Troy [Official Music Video]

Sinead O'Connor - Mandinka (Official Video)

sinead o'connor - feel so different

Sinéad O'Connor - Three Babies (Official Video)

Sinead O'Connor - The Last Day Of Our Aquaintance (Live)

Sinéad O'Connor Live at AB - Ancienne Belgique

FONTE: WIKIPÉDIA

AUTOR: GUGUSONGS

domingo, 26 de janeiro de 2020

HERMES AQUINO - SAIBA UM POUCO MAIS DESTE CANTOR GAÚCHO

HERMES AQUINO - JUNDIAQUI

Hermes Aquino (Rio Grande, 21 de maio de 1949) é um publicitário, poeta, compositor, violonista e cantor brasileiro.

Era um dos raros representantes gaúchos do tropicalismo. Você Gosta?, parceria com Tom Zé, foi gravada por este e pelo grupo Liverpool em 1969. Planador, parceria com sua prima Laís Marques, foi gravado pelo Liverpool e pelo grupo carioca Os Brazões.

Para o IV Festival Internacional da Canção, em 1969, escreveu duas canções. Sala de Espera em co-autoria com Laís que foi defendida por ela (mais tarde foi regravada pelo grupo O Bando) e Flash que foi o seu primeiro sucesso como intérprete.

Em 1976 estoura com Nuvem Passageira que foi tema da novela O Casarão e se tornou um enorme sucesso desse ano. A canção foi apresentada numa das edições do programa Fantástico, da Rede Globo, num clipe filmado no calçadão da Praia de Copacabana.

Hermes só conseguiu gravar seu primeiro LP, "Desencontro de Primavera" em 1977, pelo selo Tapecar, com temas como Longas Conversas, Desencontro de Primavera (incluído também na trilha da novela "Locomotivas") e Bola Louca E Colorida.

O tema "Nuvem Passageira" foi um grande sucesso em Portugal no ano de 1978 aquando da exibição da novela "O Casarão". Nesse ano mudou-se para a gravadora Capitol, que lançou seu segundo LP, "Santa Maria", com canções como Santa Maria (também na trilha de "A Sucessora"), Chuva de Verão e Senhorita (na novela "Pecado Rasgado"). Desentendeu-se com a gravadora e o LP não repetiu o sucesso do anterior.

Regressou à sua terra natal. Foi programador musical da Rádio Continental na cidade de Porto Alegre, e compositor de jingles no Rio Grande do Sul.

Os álbuns "Desencontro de Primavera" (1977) e "Santa Maria" (1978) foram reeditados em 2014 pelo selo Discobertas.

Nuvem Passageira

A música foi composta para a mãe de seus dois filhos, um casal de gêmeos, cuja paternidade Hermes ainda não reconheceu.

Apesar de não ser o único sucesso é o mais marcante e existem várias regravações de Nuvem Passageira.

Em 1976 a cantora paraguaia Perla grava a canção em seu LP Palavras de Amor (1976)

Em 2000, a banda Karnak regravou a canção no álbum Estamos Adorando Tóquio.

A famosa dupla gaúcha Kleiton e Kledir gravou a canção no álbum "Clássicos do Sul", de 1999.

Em 2008, O cantor Tunai registrou a canção no DVD Um Barzinho, nm Violão - Novela 70.

Humberto Gessinger, líder da banda Engenheiros do Hawaii declarou há alguns anos num programa de uma rádio gaúcha a admiração do grupo pela música.

Em uma entrevista em 2010, Tom Zé afirmou que gostaria de ter sido o compositor dessa canção.

As bandas Ornitorrincos e Renegades Of Punk lançaram em 2014 um split-cd em que ambas as bandas interpretaram versões do tema "Nuvem Passageira" .

Discografia

Desencontro de Primavera (1977)- (Tapecar) (LP/CD)

Santa Maria (1978)- (Capitol) (LP/CD)

Singles e Ep's

Flash / Sala De Espera ‎(Single, RGE, 1969) - Hermes, Laís

Bola Louca E Colorida / Eu Quero Ser Teu Rei ‎(Single, Tapecar, 1977) CS-P-81

Bola Louca E Colorida / Longas Conversas / Desencontro De Primavera / Quero Ser Teu Rei ‎(Ep, Tapecar, 1977)

Nuvem Passageira / Matcchu Picchu (Tapecar)

Santa Maria (EMI, 1978)

Desencontro De Primavera / Cuidado ‎(Single, Tapecar, 1978) RTSS - 700

Pedras No Meu Caminho ‎(Single, Tapecar) RTSS - 704

VÍDEOS:

Hermes Aquino - Nuvem passageira

HERMES AQUINO – DESENCONTRO DE PRIMAVERA (Hermes Aquino)

Hermes Aquino - Santa Maria

Hermes Aquino - Carinhos e Segredos

Hermes Aquino - 20 Super Sucessos - Completo

Hermes Aquino no Bar Ocidente

FONTE WIKIPÉDIA

AUTOR: GUGUSONGS

segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

EDNARDO - SAIBA UM POUCO MAIS DESTE CANTOR CEARENSE

EDNARDO - LAST.FM

José Ednardo Soares Costa Sousa, cujo nome artístico é Ednardo nasceu em Fortaleza, Ceará, em 17 de abril de 1945), é um cantor e compositor brasileiro, compositor da canção Pavão Mysteriozo, e um dos integrantes do chamado Pessoal do Ceará. Ednardo é pai da atriz Joana Limaverde.

Biografia

Ednardo iniciou a carreira musical em Fortaleza, Ceará, no início da década de 1970, juntamente com outros artistas conterrâneos, como Fagner, Belchior e Amelinha. 


Já no início da carreira, venceu o Festival Nordestino da Música Brasileira, momento a partir do qual passou a ter maior projeção na cena musical cearense. Atualmente possui projeção internacional, sendo suas músicas tocadas em vários países da América Latina, Europa e EUA. Lançou 14 álbuns musicais e fez várias parcerias, possuindo mais de 300 músicas compostas. Atua também no cinema e teatro, onde compõe inúmeras trilhas musicais.

Ednardo teve importantíssimo papel no cenário musical cearense, com grande contribuição para a promoção da cultura, música e artistas do Ceará. Em 1979, em plena Ditadura Militar, foi protagonista do movimento Massafeira, que reuniu vários artistas cearenses, inclusive o poeta sertanejo Patativa do Assaré, no Teatro José de Alencar, onde foi gravado o disco homônimo. 

Dentre seus maiores sucessos constam: Terral, Ingazeiras, Lagoa de Aluá, Longarinas, Artigo 26, Pavão Mysteriozo, Enquanto Engomo a Calça, Flora, A Manga Rosa, Beira mar, Carneiro, etc. 

Suas músicas tem sido interpretadas por vários cantores da MPB, como Elba Ramalho, Fagner, Belchior, Ney Matogrosso, Vânia Abreu, Amelinha, Nonato Luiz, dentre muitos outros.

Discografia

Álbuns solo

1974 - O Romance do Pavão Mysteriozo

1976 - Berro

1977 - O Azul e o Encarnado

1978 - Cauim

1979 - Ednardo

1980 - Ímã

1982 - Terra da Luz

1983 - Ednardo

1985 - Libertree

2000 - Única Pessoa

2015 - Ednardo 40 Anos de Canção DVD Duplo

Álbuns em colaboração

1973 - Meu Corpo Minha Embalagem Todo Gasto na Viagem - Pessoal do Ceará (com Rodger Rogério e Teti)

1980 - Massafeira (com vários intérpretes)

1987 - Terramérica - Arapuê - (com Terramérica

1993 - Lauro Maia 80 Anos - (com vários intérpretes)

1995 - Sirano - Cabra Namorador (com vários intérpretes)

1997 - Jóia de Jade - Karla Karenina

1998 - Litoral - Régis e Rogério (com Régis Soares e Rogério Soares)

2001 - Graco Silvio - Kizumba Mass (com vários intérpretes)

2002 - Pessoal do Ceará (com Belchior e Amelinha)

2003 - Memória das Águas (com vários intérpretes)

2003 - Nonato Luiz - Canções (com vários intérpretes)

2009 - Ubiratan Aguiar - Sina do Cabra da Peste (com vários intérpretes)

Trilhas sonoras

1976 - Cidade dos Artesões (Trilha de Teatro)

1978 - Cauim (Trilha de Cinema)

1980 - PUTZ, A Menina que Buscava o Sol (Trilha de Teatro)

1982 - Ednardo Especial (Vídeo)

1985 - Tigipió (Trilha de Cinema)

1987 - Luzia Homem (Trilha de Cinema)

1991 - Ceará Quatro Estações (Vídeo)

1994 - O Calor da Pele (Trilha de Cinema)

VÍDEOS:

EDNARDO ARTIGO 26 Show em Fortaleza

Ednardo TERRAL
Ednardo - A palo seco

Ednardo - A Manga Rosa
Ednardo - Enquanto Engomo a Calça

Ednardo - BEIRA MAR 1973

Ednardo - Pavão Mysteriozo - Gravação Original

EDNARDO SHOW SESC BELENZINHO 02 12 2018 NA ÍNTEGRA.

FONTE: WIKIPÉDIA

AUTOR: GUGUSONGS

domingo, 19 de janeiro de 2020

SLADE - SAIBA UM POUCO MAIS DESTA BANDA BRITÂNICA DE GLAM ROCK

SLADE - oberlausitz

Slade foi uma banda britânica de glam rock formada em Walsall, Wolverhampton em 1966. Foram inicialmente um grupo de Rhythm and blues, sob o nome "The 'N Betweens", e mais tarde um grupo de folk rock sob o nome "Ambrose Slade".

Tornaram-se bastante popular no início da década de 1970, desta vez adotando o estilo glam rock e finalmente o nome "Slade", lançando uma série de canções que lideraram as paradas musicais britânicas.

O Slade foi um dos grupos musicais mais representativos do glam rock, sendo a banda mais bem-sucedida, comercialmente, do Reino Unido durante a década de 1970 de acordo com o The Guinness Book of British Hit Singles and The Guinness Book of British Hit Albums. 


Nesse período, foi a banda que mais liderou os charts do Reino Unido, tendo colocado 17 singles no top vinte em apenas três anos (1971–1974), 6 deles em primeiro lugar. 

Eles também foram os primeiros a liderar as paradas britânicas por três vezes consecutivas. Todas as seis canções líderes do Reino Unido foram compostas pelo vocalista Noddy Holder e pelo guitarrista Jim Lea. Apesar de tudo, o grupo começou a perder popularidade em meados da mesma década devido a uma turnê malsucedida na América do Norte.

Em 1980, recuperam sua popularidade quando foram convidados de última hora para substituir o músico Ozzy Osbourne nos Festivais de Reading e Leeds. Ainda no início de 1980, voltaram as paradas britânicas com o lançamento do single "My Oh My", que também apareceu no ranking dos Estados Unidos. Em 1991, estavam novamente entre os melhores do Reino Unido com o single "Radio Wall of Sound".

A banda se separou em 1992, e dois membros da formação original formaram o grupo "Slade II" no mesmo ano, mas ainda assim é referida somente como "Slade".

No auge de sua carreira, o Slade teve como concorrente conceituados grupos musicais como Wizzard, Sweet, T. Rex, Suzi Quatro, Gary Glitter, Queen e David Bowie. As vendas totais no Reino Unido situam-se em torno de 6 milhões de cópias, sendo que o single "Merry Xmas Everybody" já vendeu mais de um milhão de cópias.

Diversos artistas de gêneros como punk rock, grunge e glam metal já mencionaram ter Slade como influência. Incluindo Nirvana, The Smashing Pumpkins, Ramones, Sex Pistols, Kiss, Motley Crue, Twisted Sister, Quiet Riot, Poison, Def Leppard, Cheap Trick e Oasis.

Discografia

Álbuns de estúdio

Beginnings (1969)

Play It Loud (1970)

Slayed? (1972)

Old New Borrowed and Blue (1974)

Slade in Flame (1974)

Nobody's Fools (1976)

Whatever Happened to Slade (1977)

Return to Base (1979)

We'll Bring the House Down (1981)

Till Deaf Do Us Part (1981)

The Amazing Kamikaze Syndrome (1983) (relançado em 1984 como Keep Your Hands Off My Power Supply)

Rogues Gallery (1985)

Crackers – The Christmas Party Album (1985)

You Boyz Make Big Noize (1987)

Keep on Rockin' (1994) (relançado em 2002 como Cum on Let's Party)

Álbuns ao vivo

Slade Alive! (1972)

Slade Alive, Vol. 2 (1978)

Slade on Stage (1982)

Slade Alive! – The Live Anthology (2006)

Live at the BBC (2009)

Compilações

Coz I Luv You (1972)

Sladest (1973)

Slade Smashes! (1980)

Slade's Greats (1984)

Wall of Hits (1991)

Feel the Noize – Greatest Hits (1997)

The Genesis of Slade (2000)

Get Yer Boots On: The Best of Slade (2000)

The Very Best of Slade (2005)

The Slade Box (2006)

B-Sides (2007)

Merry Xmas Everybody: Party Hits (2009)

Extended Plays

Six of the Best (1980)

Live at Reading (1980)

Xmas Ear Bender (1980)

Sinlges

1960's

"You Better Run" (1966)

"Genesis" (1969)

"Wild Winds are Blowing" (1969)

1970's

"The Shape of Things to Come" (1970)

"Know Who You Are" (1970)

"Get Down and Get With It" (1971)

"Coz I Luv You" (1971)

"Look Wot You Dun" (1971)

"Take Me Bak 'Ome" (1972)

"Mama Weer All Crazee Now" (1972)

"Gudbuy T'Jane" (1972)

"Cum On Feel the Noize" (1973)

"Skweeze Me, Pleeze Me" (1973)

"My Friend Stan" (1973)

"Merry Xmas Everybody" (1973)

"Everyday" (1974)

"The Bangin' Man" (1974)

"Far Far Away" (1974)

"How Does It Feel?" (1975)

"Thanks for the Memory (Wham Bam Thank You Mam)" (1975)

"In for a Penny" (1975)

"Let's Call It Quits" (1976)

"Nobody's Fool" (1976)

"Gypsy Roadhog" (1977)

"Burning in the Heat of Love" (1977)

"My Baby Left Me – That's All Right" (1977)

"Give Us a Goal" (1978)

"Rock 'n' Roll Bolero" (1978)

"Ginny, Ginny" (1979)

"I'm a Rocker" (1979)

"Sign of the Times" (1979)

"Okey Cokey" (1979)

1980's

"We'll Bring the House Down" (1981)

"Wheels Ain't Coming Down" (1981)

"Knuckle Sandwich Nancy" (1981)

"Lock Up Your Daughters" (1981)

"Ruby Red" (1982)

"Rock and Roll Preacher" (1982)

"(And Now the Waltz) C'est la Vie" (1982)

"My Oh My" (1983)

"Run Runaway" (1984)

"Slam the Hammer Down" (1984)

"All Join Hands" (1984)

"7 Year Bitch" (1985)

"Myzsterious Mizster Jones" (1985)

"Little Sheila" (1985)

"Do You Believe in Miracles" (1985)

"Still the Same" (1987)

"That's What Friends are for" (1987)

"You Boyz Make Big Noize" (1987)

"Ooh La La in L.A." (1987)

"We Won't Give In" (1987)

"Let's Dance '88" (1988)

1990's

"Radio Wall of Sound" (1991)

"Universe" (1991)

2000's

"Everyday" (2013)

Videografia

Álbuns de vídeo

Slade in Flame (1975)

Wall of Hits (1991)

Inside Slade – The Singles 1971–1991 (2004)

The Very Best of Slade (2005)

Slade Alive! – The Ultimate Critical Review (2006)

Videoclipes

"Get Down and Get With It" (1971)

"Look Wot You Dun" (1971)

"Cum On Feel the Noize" (1973)

"Skweeze Me, Pleeze Me" (1973)

"My Friend Stan" (1973)

"Far Far Away" (1974)

"Thanks for the Memory (Wham Bam Thank You Mam)" (1975)

"Let's Call It Quits" (1976)

"Nobody's Fool" (1976)

"My Baby Left Me – That's All Right" (1977)

"Give Us a Goal" (1978)

"We'll Bring the House Down" (1981)

"Wheels Ain't Coming Down" (1981)

"Lock Up Your Daughters" (1981)

"My Oh My" (1983)

"Run Runaway" (1984)

"All Join Hands" (1984)

"7 Year Bitch" (1985)

"Myzsterious Mizster Jones" (1985)

"Little Sheila" (1985)

"Do You Believe in Miracles" (1985)

"Radio Wall of Sound" (1991)

"Universe" (1991)

Integrantes

Formação atual

Dave Hill – guitarra, vocal, baixo (1969–atualmente)

Don Powell – bateria, percussão (1969–atualmente)

John Berry – baixo, vocal, violino (2003–atualmente)

Mal McNulty – vocal, guitarra (2005–atualmente)

Ex-integrantes

Noddy Holder – vocal, guitarra, baixo (1969–1992)

Jim Lea – baixo, vocal, teclados, violino, guitarra (1969–1992)

Steve Whalley – vocal, guitarra (1992–2005)

Steve Makin – guitarra (1992–1996)

Craig Fenney – baixo (1992–1994)

Trevor Holliday – baixo (1994–2000)

Dave Glover – baixo (2000–2003)

VÍDEOS:

Slade - My Oh My

SLADE-Everyday

Slade - Cum on feel the noize ( Rare Original Footage French TV 1973 Rebroadcast Dutch 192 TV )

Slade - Mama Weer All Crazee Now • TopPop

Slade - Far Far Away • TopPop

Slade - Ooh La La In L.A. 1987 (HQ Audio)

Slade Cum On Feel The Noize 1973

Slade - Rock ' N ' Roll Preacher

Slade - Full Concert - 08/04/75 - Winterland (OFFICIAL)

FONTE: WIKIPÉDIA

AUTOR: GUGUSONGS

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

MENUDO - CONHEÇA UM POUCO MAIS DESTA BANDA DE PORTO RICO

MENUDO - clutchfans

Menudo foi um grupo musical de Porto Rico, classificado por muitos como uma boy band latina, criado em 1977 pelo produtor Edgardo Díaz.

Na década de 1980 passaram pelo grupo Xavier Serbiá, Miguel Cancel, René Farrait, Carlos Meléndez, Ricky Meléndez, Johnny Lozada, Charlie Massó, Ray Reyes, Roy Rosello, Robby Draco Rosa, Nefty Sallaberry, Ricky Martin e Sergio González, alcançando projeção nacional.

O primeiro país da América Latina em que ficaram famosos foi na Venezuela, posteriormente ficaram famosos também em outros países latino-americanos como México, Argentina, Colômbia, Chile, Uruguai e Brasil.

História

O grupo Menudo foi um fenômeno na América Latina quando de seu boom, angariando milhares de fãs em um fenômeno que pode ser comparado à beatlemania no mundo. 


O Menudo na década de 1980 era um dos grupos musicais de maior visibilidade nos meios de comunicação rendendo frequentes aparições em programas televisivos, rádios, revistas, jornais, tendo a imprensa se voltado para o então fenômeno artístico. 

Na época os shows costumavam reunir grande público, de modo que apenas estádios de futebol poderiam comportar o número de pagantes. Além da venda de shows e discos, produtos como camisetas, bottons, álbuns, pôsteres, dentre outros, garantiam a receita da banda.

Quando atingiu seu apogeu na América Latina o Menudo era formado pelos então adolescentes Robby Rosa, Charlie Massó, Roy Rosselo, Ray Reyes e Ricky Meléndez, último membro este que fora substituído por Ricky Martin poucos meses depois.

Uma das principais características do grupo era a frequente troca dos componentes, que na maioria das vezes eram substituídos ao completarem 16 anos. Tal prática teria contribuído para a queda da popularidade do grupo, já que fãs, em sua maioria adolescentes, demonstravam certo aborrecimento com as trocas sucessivas.

Década de 1990

Em 1990, o grupo retorna ao Brasil para a promoção do álbum e também da canção-título Os Últimos heróis. O figurino colorido e colado ao corpo, bastante explorado na década de 1980, deu lugar ao estilo roqueiro. Sergio Blass é o único membro da antiga formação que retorna ao país desde 1986[carece de fontes], quando do lançamento do disco Refrescante, acompanhado dos novos integrantes Rubén Gómez, Robert Avellanet, Rawy Torres e o mexicano Adrián Olivares.

Em novembro daquele o grupo viria enfrentar um dos maiores escândalos de sua história, quando Sérgio e Rubén foram detidos no aeroporto de Miami, ao se encontrar maconha, provavelmente adquirida no México, junto a seus equipamentos. 

O fato culminou com a demissão de ambos componentes. No início de 1991, o grupo recebia dois novos integrantes estrangeiros com a entrada do espanhol Edward Aguilera e do venezuelano Jonathan Montenegro. Tal formação acabou se rompendo em abril do mesmo ano com a saída de Robert, Rawy, Edward e Jonathan, que se demitiram alegando quebra de cláusulas contratuais , abusos e maus tratos.

Adrián é o único que permaneceria na banda até 1993. Com a mudança de diversos integrantes, o grupo manteve um estilo mais comportado. Logo entraram Abel Talamántez, Andrés Blázques, Alexis Grullón e Ashley Ruíz e Ricky López. O Menudo viria ao Brasil pela última vez no final daquele ano para o lançamento do álbum Vem pra mim.

O novo Menudo

Em 2007 foi anunciada a recriação do Menudo após ser firmado um multi-contrato com a gravadora Sony BMG, através de seu sub-selo Epic Records. 

A direção da banda fica a cargo de Johnny Wright, e fora definido que o remake da banda faria uma fusão de música urbana, pop e rock, com gravações em inglês e espanhol. A refundação se dá através de um reality show, produzido pela MTV, intitulado Making Menudo. 

A série teve início em 25 de outubro daquele ano com término em 20 de novembro. Foram escolhidos José Bordonada Collazo, Chris Moy, Emmanuel Vélez Pagán, José Monti Montañez, e Carlos Olivero.

Em dezembro, poucas semanas após se ter refeito o grupo, foi lançada uma amostra do que o grupo traria de novo através do single "More Than Words", que incluía quatro canções: "More Than Words", "Más que amor", "Move" e "This Christmas".

O primeiro álbum teve seu lançamento no outono de 2008.

Discografia

Álbuns de estúdio

1977 Los Fantasmas (Formação original)

1978 Laura (Formação original)

1979 Chiquitita (Novo membro: René)

1979 Felicidades (Novo membro: René)

1980 Más, Mucho Más (Novo membro: Johnny)

1980 Es Navidad (Novo membro: Xavier)

1981 Fuego (Novo membro: Xavier)

1981 Xanadu (Novo membro: Miguel)

1981 Quiero Ser (Novo membro: Miguel)

1982 Por Amor (Novo membro: Charlie)

1982 Una Aventura Llamada Menudo (Trilha sonora) (Novo membro: Charlie)

1982 Feliz Navidad (Novo membro: Charlie)

1983 A Todo Rock (Novo membro: Ray e Roy)

1984 Reaching Out (Em inglês) (Novo membro: Robi)

1984 Mania (Novo membro: Robi)

1984 Evolución (Novo membro: Ricky Martin)

1985 Menudo (Em inglês) (Novo membro: Raymond)

1985 Ayer Y Hoy (Novo membro: Raymond)

1985 A Festa Vai Começar (Edição em português de Ayer Y Hoy) (Novo membro: Raymond)

1986 Viva! Bravo! (Em italiano) (Novo membro: Sérgio)

1986 Refrescante (Novo membro: Sérgio)

1986 Can't Get Enough (Novo membro: Sérgio)

1986 Menudo (Em português) (Novo membro: Sérgio)

1987 Somos Los Hijos del Rock (Novos membros: Ralphy e Rubén)

1987 In Action (Em inglês/tagalog) (Novos membros: Ralphy e Rubén)

1988 Sons of Rock (Novo membro: Angelo)

1988 Sombras Y Figuras (Novo membro: Robert)

1989 Los Últimos Héroes (Novo membro: Rawy)

1990 Os Últimos Heróis (Novo membro: César)

1990 No Me Corten El Pelo (Novo membro: Adrián)

1991 Detrás De Tu Mirada (Novos membros: Alexis, Ashley, Andy e Abel)

1992 Dancin', Movin', Shakin' (Novos membros: Alexis, Ashley, Andy e Abel)

1992 15 Años de História (Novos membros: Alexis, Ashley, Andy e Abel)

1993 Vem Pra Mim (Em português) (Novo membro: Ricky López)

1993 Cosmopolitan Girl (Novo membro: Ricky López)

1994 Imagínate... (Novo membro: Ricky López)

1994 If You're Not Here (Remake de 1994) (Novo membro: Ricky López)

1996 Tiempo De Amar (Novos membros: Anthony e Didier)

2007 More Than Words (Carlos, Chris, Emmanuel, José, e Monti)

2011 Enchanted Island (Compilação de Menudo English hits, alguns dos quais nunca foram lançados publicamente)

Álbuns de despedida

1983 Adiós, Miguel (Vários)

Filmes

1981 Menudo: La Pelicula

1982 Una Aventura Llamada Menudo

1992 The Making of Dancin Movin Shakin no YouTube

Singles

Single Year Hot 100 Latin Songs

"A Volar" 1982 — —

"Sabes A Chocolate" 1984 — —

"If You're Not Here (By My Side)" 1984 — —

"Não Se Reprima" 1984 — —

"Like A Cannonball" 1984 — —

"Motorcycle Dreamer" 1984 — —

"Hold Me" 1985 62 —

"Please Be Good To Me" 1985 — —

"Viva! Bravo!" 1985 — —

"Come Home" 1985 — —

"Besame" 1986 — 21

"Baci Al Cioccolato" 1986 — —

"Diga Sim" 1986 — —

"Te Vere A Las Tres" 1987 — 45

"You Got Potential" 1988 — —

"Historia Del Primer Amor" 1988 — 34

"Besame En La Playa" 1991 — 26

"Dancin, Movin, Shakin" 1992 — —

"Juras De Amor" 1993 — —

"Cosmopolitan Girl" 1993 — —

Integrantes

VÍDEOS:

MENUDO - NÃO SE REPRIMA

MENUDO - If Your Not Here - Robi Rosa LIVE

Menudo - Hold Me

Menudo - Quero ser ( 1984 ) Programa Balão Mágico

MENUDO show morumbi 1986

FONTE: WIKIPÉDIA

AUTOR: GUGUSONGS

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

BLONDIE - CONHEÇA MAIS DESSA BANDA DE ROCK DE NOVA YORK

BLONDIE - PINTEREST

Blondie é uma banda de rock formada na cidade de Nova Iorque, em 1974 pela vocalista Debbie Harry e o guitarrista Chris Stein. 


O grupo alcançou grande popularidade no final dos anos 1970 e início dos anos 1980. Foram um dos pioneiros nos gêneros musicais punk rock e new wave.

Os seus dois primeiros álbuns continham fortes elementos desses gêneros, e, embora bem sucedido no Reino Unido e na Austrália, Blondie foi considerado como uma banda underground nos Estados Unidos até o lançamento de Parallel Lines em 1978.

Ao longo dos próximos três anos, a banda alcançou vários singles de sucesso incluindo "Call Me", "Atomic" e "Heart of Glass" e tornou-se conhecido por sua mistura eclética de estilos musicais que incorporam elementos de disco e pop, mantendo um estilo básico como uma banda de new wave.

Blondie se separou após o lançamento de seu sexto álbum de estúdio The Hunter em 1982. Debbie Harry continuou em carreira solo com resultados variados depois de tomar alguns anos para cuidar de seu namorado Chris Stein, que foi diagnosticado com pênfigo, uma doença auto-imune rara da pele.

A banda re-formada em 1997, alcançando sucesso renovado e um single número um no Reino Unido com "Maria", em 1999, exatamente 20 anos após seu primeiro e único nº 1 na parada britânica, "Heart of Glass".

O grupo visitou e tocou em todo o mundo durante os anos seguintes, e foi introduzido no Hall da Fama do Rock and Roll em 2006.

Blondie já vendeu 40 milhões de discos em todo o mundo e ainda está ativo hoje. O nono álbum de estúdio da banda, Panic of Girls, foi lançado em 2011, e seu décimo, Ghost of Download, foi lançado em 2014. Em 2017, lançou o álbum Pollinator.

Início de carreira

Após se conhecerem na banda The Stilettos, Deborah Harry e Chris Stein formaram os Angel and the Snakes. Estes integravam o baterista Clem Burke, Jimmy Destri no teclado e o baixista Gary Valentine, mudando depois o nome para Blondie, inspirado pelos comentários de caminhoneiros que frequentemente gritavam Hey Blondie! para Deborah ao passar na estrada.

Começaram por tocar no CBGB em Nova Iorque e lançaram o seu álbum de estreia, Blondie, em 1976, que alcançou sucesso comercial primeiramente no Reino Unido. Plastic Letters, o segundo disco da banda alcançou duas músicas nas paradas britânicas. Em 1978, através do sucesso Heart of Glass, a banda alcançou sucesso mundial, tornando-se um dos ícones da New wave.

Voltaram a fazer sucesso com a música Call Me, de Giorgio Moroder, que foi tema dos filmes Gigolô Americano e A Noiva de Chucky. Depois de problemas internos, reuniram-se em 1982 para lançar The Hunter e pôr um fim temporário à banda, que só voltaria a gravar em 1999, com o grande sucesso de Maria, do álbum No Exit.

Discografia

Álbuns

Álbuns de estúdio

Ano Álbum Posição Atingida nos EUA Posição Atingida no RU

1976 Blondie - 75

1977 Plastic Letters 72 10

1978 Parallel Lines 6 1

1979 Eat to the Beat 17 1

1980 Autoamerican 7 3

1982 The Hunter 33 9

1999 No Exit 18 3

2003 The Curse of Blondie 160 36

2011 Panic of Girls - 73

2014 Ghosts of Download 109 16

2017 Pollinator 63 4

Álbuns ao vivo

Ano Álbum Billboard album 200 UK Singles Chart

1998 Picture This Live - -

2002 Livid - -

2004 Live by Request - -

2010 At the BBC - -

Compilações

Ano Álbum Posição Atingida nos EUA Posição Atingida no RU

1981 The Best of Blondie 30 4

1988 Once More into the Bleach - -

1991 The Complete Picture: The Very Best of Deborah Harry and Blondie - 3

1993 Blonde and Beyond - -

1995 Beautiful - The Remix Album - 25

1995 Remixed Remade Remodeled - The Remix Project - -

1997 Picture This Live (Capitol Anniversary Series) - -

1998 Atomic - The Very Best of Blondie - 12

1999 Atomic - The Very Best of Blondie - 12

1999 Livid - -

2002 Greatest Hits - 38

2004 Live by Request - -

2006 Greatest Hits: Sound & Vision - -

2014 Blondie 4(0) Ever - Greatest Hits Deluxe Redux 109 16

Singles

Ano Música U.S.[1] U.S. dance[1] Australia Canadá Alemanha[2] Italia[3] UK Singles Álbum

1976 "X-Offender" - - - - - - - Blondie

"In the Flesh" - - 2 - - - -

"Rip Her to Shreds" - - 81 - - - -

1977 "Denis" - - 12 - 9 - 2 Plastic Letters

"(I'm Always Touched by Your) Presence, Dear" - - - - - - 10

1978 "Picture This" - - 88 - - - 12 Parallel Lines

"I'm Gonna Love You Too" - - - - - - -

"Hanging on the Telephone" - - 39 - - - 5

1979 "Heart of Glass" Ouro (EUA) 1 58 1 1 1 33 1

"Sunday Girl" ¤ - - 1 - 6 - 1

"One Way or Another" 24 - - 15 - - -

"Dreaming" 27 - 53 4 26 - 2 Eat to the Beat

"Union City Blue" - - - - 54 - 13

1980 "The Hardest Part" 84 - - 86 - - -

"Call Me" Ouro (EUA) 1 - 2 1 14 26 1 Trilha sonora do filme American Gigolo (Gigolô Americano)

"Atomic" 39 1 12 57 20 - 1 Eat to the Beat

"The Tide Is High" Ouro (EUA) 1 1 4 1 15 39 1 Autoamerican

1981 "Rapture" Ouro (EUA) 1 1 5 3 40 4 5

1982 "Island of Lost Souls" 37 - 13 - 66 - 11 The Hunter

"War Child" - - 96 - - - 39

1988 "Denis" (remix) - - - - - - 50 Once More Into The Bleach

1989 "Call Me" (remix) - - - - - - 61

1994 "Atomic" (remix) - 1 - - - - 19 Beautiful - The Remix Album

1995 "Heart of Glass" (remix) - 7 - - - - 15

"Rapture" (remix) - 8 - - - - -

"Union City Blue" (remix) - 30 - - - - 31

1999 "Maria" 82 9 59 46 3 6 1 No Exit

"Nothing Is Real but the Girl" - - - - 89 - 26

"No Exit" - - - - - - -

2003 "Good Boys" 124 7 37 - 93 - 12 The Curse of Blondie

2006 "Rapture Riders" - 10 32 - - - - Greatest Hits: Sound & Vision

2011 Mother Panic of Girls

What I Heard

2013 A Rose by Any Name Ghosts of Download

Sugar on the Side

2014 I Want to Drag You Around

2017 Fun 1 Pollinator

Long Time

VÍDEOS:

Blondie - Heart Of Glass (Official Music Video)

Blondie - Call Me

Blondie - Atomic (Official Video)

BLONDIE maria

Blondie | Live in Sydney | Full Concert

FONTE: WIKIPÉDIA

AUTOR: GUGUSONGS
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...